APO – Avaliação Pós-Ocupação – “…método interativo que detecta patologias e determinada terapia no decorrer do processo de produção e uso de ambientes construídos, através de participação intensa de todos os agentes envolvidos na tomada de decisões” (ORNSTEIN & ROMÉRO, 1992:23). (veja mais…)

Competência – combinações sinérgicas de conhecimento, habilidades e atitudes, expressas pelo desempenho profissional dentro de determinado contexto organizacional, que agreguem valor a pessoas e organizações (Carbone et al, 2005, p.43).

Comportamento Organizacional – campo de estudos que visa compreender, prever, explicar e, se necessário, alterar os comportamento das pessoas dentro das organizações (Lacombe, 2004, p. 69).

Cultura Organizacional – 1. conjunto de valores em vigor em uma empresa, suas relações de hierarquia, definindo os padrões de comportamento e de atitudes que governam as ações e decisões mais importantes da administração; 2.crenças em relação ao que é importante na vida de uma empresa e expectativa de comportamento de seus membros (Lacombe, 2004, p.87).

Escritório aberto ou paisagem – (landscape office) ambientes abertos e grandes conjuntos de mobiliário e equipamento são organizadas em função do fluxo de trabalho, separados por “caminhos curvilíneos e um sentimento de paisagem interior” (SMITH & KEARNY, 1994: 7).

Escritório não-territorial – designação proposta por Thomas ALLEN (MIT) para caracterizar as novas formas de trabalho de escritório contendo variadas zonas de atividades disponíveis para uso de qualquer membro da equipe, combinando sistemas de maior liberdade de cenário com os fluxos de pessoas, materiais ou informações; “os funcionários não têm sala, estação de trabalho ou mesa fixa e o uso de espaço ou tecnologia se dá em função de suas necessidades e tarefas” (SIMS, BECKER & QUINN 1995). Estas novas formas de escritório vêm sendo utilizados por organizações que buscam maior efetividade e redução de custos escritório, com significativos efeitos na demanda por espaço de escritório, na qualidade de vida no trabalho de seus empregados e na competitividade organizacional. Existem diversas formas de escritório sem território e diferentes modalidades de reserva de uso do espaço ou de tecnologia.

Facility manager – gerente de recursos e serviços prediais.

Fatores comportamentais – cf. Rabinowitz (1984: 407), possibilitam observar como a imagem do edifício influi no comportamento dos usuários e como outros fatores se combinam com o ambiente físico para afetar o usuário. Cf. Preiser et al (1998: 45-46), abrange: proxemia e territorialidade, privacidade e interação, percepção ambiental, imagem e intenções, cognição ambiental e orientação.

Fatores culturais cf. Rheingantz, del Rio e Duarte (2000), a arquitetura é fechamento cultural; analisado como um artefato cultural, o ambiente construído possibilita incluir na APO a contextualização dos edifícios na cidade e na sociedade, reconhecer e valorizar seus significados, sua estética, seu papel social, etc. Visão de mundo, agradabilidade, imageabilidade, a noção de pertencimento ao lugar, o comportamento humano frente às condições ambientais, e até mesmo as posturas corporais, são fortemente influenciados pela herança cultural dos habitantes de um determinado lugar. Ao agir diretamente na relação entre determinados grupos socio-culturais e o ambiente construído, baseado nos métodos etnográficos da antropologia, é possível conferir um  sentido transformador à compreensão do significado das observações, especialmente aquelas relacionadas com as transformações significantes produzidas nas relações entre os grupos humanos e o ambiente construído, seus aspectos cognitivos, seus valores declarados e reais.

Fatores de interação – cf. Rheingantz (1988:6), nova categoria de observação proposta para a APO “incorporando as transformações significantes produzidas pelo envolvimento entre pesquisadores, usuários e ‘organismo’ – edifício, equipamentos, usuários, bem como suas relações e interações”.

Gestão por Competências – modelo de gestão que propõe-se a alnhar esforços para que as competências humanas possam gerar e sustentar as competências organizacionais necssárias à consecução dos objetivos estratégicos da organização (Carbone et al, 2005, p.49).

Gestão do Conhecimento – “processo pelo qual uma organização consciente e sistematicamente coleta, organiza, compartilha e analisa seu acervo de conhecimento para atingir seus objetivos” (Falcão e Bresciani Filho apud Carbone et al, 2005, p. 82).

Gestão Estratégica de Pessoas – gestão de pessoas na qual os empregados agregam valor às orgnizações e se constituem num importante diferencial competitivo (Teixeira et al, 2005, p. 13).

Percepção ambiental – processo de interação mental e corporal om o ambiente que permite ao homem tanto atuar  “sobre o meio ambiente como dele receber sinais.” (DAMÁSIO 1996: 256)

Relacionamentos Estratégicos – relacionamentos estabelecidos no ambiente empresarial com colegas, funcionários, superiores, fornecedores, clientes, órgãos reguladores, concorrentes e vários acionistas, visando criar um sentido de comunidade e consenso sobre um objetivo comum para obter maior vantagem competitiva (Greenhalgh, 2002, p.10).

Walkthrough método de análise que possibilita a identificação descritiva e significante de falhas, problemas e aspectos positivos do edifício; “um dos métodos mais utilizados em APOs, consiste em simplesmente percorrer todo o edifício, preferencialmente munido de plantas e/ou acompanhado do autor do projeto ou de usuários, formulando perguntas com o objetivo de se familiarizar com o edifício e com sua construção … é um bom método para descobrir as diferenças entre como foi construído e como ele foi projetado” (BECHTEL 1997: 313), e como é mantido e utilizado. Para tanto, se vale de diversas técnicas de registro – mapas comportamentais, fitas de áudio e de vídeo, fotografia, desenhos, diários, fichas, etc.



Add to Technorati Favorites

perfil

Sou Ana Paula Simões, pesquisadora da relação pessoa-ambiente em diversos contextos de interrelação. Postarei aqui informações, curiosidades, pesquisas e ferramentas interessantes na área. Seja bem-vindo(a)!

twitter anasimoes

Twitter Consvita

  • Sabemos que a luta não é fácil, os obstáculos não são poucos e o reconhecimento não é garantido, mas isso nos... fb.me/7e5Gb47vA 9 months ago

Enquete


%d blogueiros gostam disto: